SÃO GABRIEL WEATHER
piranhas vermelhas

Área de aparecimento de piranhas invasoras dobra no RS, aponta Ibama

A partir de relatos de pessoas que pescaram piranhas vermelhas na bacia do rio Jacuí, o Ibama identificou nesta segunda-feira (3/5) que a área de aparecimento desses peixes invasores e predadores dobrou de 150 km para 300 km no Rio Grande do Sul.

As piranhas, também chamadas de palometas, têm causado perdas aos pescadores profissionais por atacar os peixes nas redes. Na colônia de pescadores de Santo Amaro, no município de General Câmara, a proliferação delas fez com que a pesca diária de 20 kg por pescador caísse para 2 kg.

Segundo o biólogo e analista ambiental do Ibama Mauricio Vieira de Souza, as piranhas, da espécie Serrasalmus maculatus, apareceram nos rios de mais quatro cidades: Santa Margarida do Sul, Restinga, Estrela e Triunfo. Na semana passada, os peixes originários da bacia do rio Uruguai já tinha sido identificados em Cachoeira do Sul, Rio Pardo, Vale Verde, Bom Retiro do Sul e General Câmara.

O analista diz que esse tipo de peixe prefere rios de menor porte, com menos corredeiras. "Eles buscam rios mais protegidos. Então, é natural que tenham subido pelo rio Taquari, que é afluente do Jacuí."

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

+55 (55) 3232-9528 | R: Coronel Sezefredo n° 596 -
Centro | CEP: 97300-222 | SÃO GABRIEL | RS | BRASIL