SÃO GABRIEL WEATHER
montante aplicado

Incra/RS libera R$ 665 mil em créditos no primeiro trimestre do ano

Com a liberação de recursos de março (R$ 463, 6 mil), o Incra/RS fecha o primeiro trimestre de 2021 com um total de R$ 665,8 mil em crédito instalação para famílias assentadas no Rio Grande do Sul. O montante é maior que a metade do total liberado durante o ano passado - a autarquia fechou 2020 atingindo cerca de R$ 1 milhão no estado.

Neste primeiro trimestre, foram atendidos 134 contratos nas modalidades Apoio Inicial, Fomento Mulher e complementação do Apoio Inicial. Os valores liberados em março beneficiam 82 famílias em 31 assentamentos e devem estar disponíveis em conta na próxima semana - as famílias terão 120 dias para realizar o primeiro saque.

Projetos

Entre os contemplados, estão 18 famílias do assentamento Herdeiros da Resistência, em Pelotas, que estão recebendo os primeiros créditos, na modalidade Apoio Inicial (R$ 5,2 mil por família). Dez beneficiárias do assentamento vão receber também o Fomento Mulher (R$ 5 mil por família).

É o caso da assentada Elis Regina de Lima Grimmler, que comemora a vinda dos recursos: ela finalmente vai concretizar seu aviário de galinhas poedeiras. A ideia nasceu de um curso realizado pela Embrapa e Emater/RS no Centro de Treinamento de Canguçu (CETAC) em 2018.

"É uma coisa mais fácil. Fiz o curso, trabalhei com galinhas, tenho experiência. Já estou preparada" conta Elis. O projeto encaminhado para usar os recursos do Fomento Mulher foi elaborado com auxílio da Emater e prevê a instalação de galpão, a aquisição de pintos, ração - tudo visando a criação de 100 galinhas poedeiras, com meta de produção de 90 ovos por dia.

Junto com o marido e os dois filhos que residem com o casal, a assentada pretende usar parte do Apoio Inicial também no aviário, que vai diversificar ainda mais a produção do lote. Atualmente, a família mantém horta e pomar e, com a pandemia e a suspensão das feiras, têm comercializado os produtos por telentrega.

Já Fabiana News da Silva, que também vai receber as duas modalidades do crédito instalação, vai investir os recursos do Fomento Mulher em apicultura. "Vou comprar, caixas de abelhas, roupas, centrífuga", enumera. A agricultora também participou de curso sobre o tema, e quando chegou a hora de elaborar o projeto com auxílio da Emater/RS, optou pela produção de mel. "Foi a primeira coisa que lembrei", conta.

Em São Gabriel foram pagos quatro recursos de complementação e um fomento mulher, somando cinco créditos para cinco famílias. Ainda serão pagos 16 contratos para famílias de São Gabriel e 27 de Santa Margarida do Sul até 12 de abril, já aparecendo na conta dos produtores no dia 26 do mesmo mês, segundo a Divisão de Desenvolvimento do Incra/RS.

A superintendente substituta do Incra/RS, Raquel May Chula, lembra que os recursos "representam incremento de renda tanto para os agricultores quanto para o mercado local, onde são aplicados". No RS, a liberação de créditos instalação tem contado com o apoio dos escritórios locais da Emater/RS na elaboração de projetos e na assinatura de contratos.

ULTIMAS NOTÍCIAS

Missão

Ser o veículo de integração da comunidade, contribuindo para o seu desenvolvimento com informação precisa, responsável e imparcial..

+55 (55) 3232-9528 | R: Coronel Sezefredo n° 596 -
Centro | CEP: 97300-222 | SÃO GABRIEL | RS | BRASIL